OEI trabalhará lado a lado com o Ministério das Relações Exteriores do Brasil

OEI trabalhará lado a lado com o Ministério das Relações Exteriores do Brasil

OEI. 06/07/2019
Tamanho do texto+-

O ministro das Relações Exteriores do Brasil, Ernesto Araújo, recebeu nessa sexta-feira, 5, o secretário-geral da Organização dos Estados Ibero-americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura (OEI), Mariano Jabonero, e o chefe da representação da OEI no Brasil, Raphael Callou. A partir desta reunião de trabalho, foi acordado a assinatura de diferentes projetos.

A cooperação é de colaboração e alinhada com as áreas programáticas da OEI, que serão lançadas em breve. São exemplos de ações o Programa de Bilinguismo com foco no fortalecimento da língua portuguesa, incluindo a atuação junto a escolas de fronteira.

O escritório da OEI no Brasil tem atuado no Brasil desde 2001. Desde então tem executado diretamente cerca de 50 projetos. Por meio de convênios o número de acordo perfaz um total de 105 projetos nas seguintes áreas: primeira infância e alfabetização de jovens, apoio à criação de microempresas, iniciativas em direitos humanos, projetos em indústrias criativas, seminários sobre educação, mobilidade acadêmica, como o Programa Paulo Freire e parceria em iniciativas de reconhecimento como o Prêmio Professores do Brasil, além de prêmios de incentivo à leitura e convivência escolar, dentre outros.

O secretário-geral da OEI esteve em visita oficial ao Brasil por ocasião da Reunião de Alto Nível de Representantes Ministeriais e Institucionais de Cultura da Ibero-América. O encontro ocorreu em São Paulo de 2 a 4 de julho e reuniu participantes de 18 países região.

Vice-ministros de Cultura, secretários de Cultura de governos, além de secretários de cultura de vários estados do Brasil e representantes de instituições e fundações da área cultural fizeram colocações no debate. Os participantes incentivaram a formação de alianças regionais com foco no desenvolvimento de cidades, promoção da educação por meio da cultura e investimento atividades que envolvam economia Criativa.


Fotos: Dammer Martins/MRE