OEI planeja residência artística em espanhol e português para poetas

OEI planeja residência artística em espanhol e português para poetas

OEI. 06/05/2020
Tamanho do texto+-

Como desdobramento das ações em celebração ao Dia Mundial da Língua Portuguesa, a Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI) pretende lançar, ainda este ano, o projeto Atelier Móvel. A iniciativa tem como objetivo promover a mobilidade internacional em prol da difusão da língua, como meio de afirmação da pluralidade, da criação, da cooperação e posicionamento no mundo.

Na prática será aberta uma convocatória dirigida a poetas das línguas portuguesa e espanhola dos países ibero-americanos que desejem trabalhar em cooperação artística com poetas de outro país ibero-americano de diferente idioma. O intercâmbio será de no máximo de 15 dias numa residência artística de um país da Ibero-América e o resultará em um festival poético em 2021.

Com 70 anos de atuação nas áreas da Educação, Cultura e Ciência, a OEI tem uma forte relação com a língua portuguesa. Junto com o espanhol, o português é um dos idiomas oficiais da OEI. Somadas, as duas línguas são faladas por 800 milhões de pessoas na Ibero-América.

“É importante que tenhamos uma participação ativa, pelo fato de a OEI ser a Organização mais antiga do sistema ibero-americano e que tem uma maior presença e atividade em todo o continente americano, estando também na Península Ibérica”, afirma o secretário-geral da OEI, Mariano Jabonero. Ao destacar o caráter bilíngue da Organização, Jabonero ressalta ainda que “Somos a maior comunidade bilíngue, com maior extensão e crescimento.”

Língua Portuguesa – A OEI celebrou nessa terça-feira, 5, o primeiro Dia Mundial da Língua Portuguesa. A data foi instituída pela Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) em 2009 e, no ano passado, a UNESCO oficializou a comemoração ao incluí-la no calendário mundial. Na ocasião, a OEI lançou o Programa Ibero-Americano de Difusão da Língua Portuguesa.

Segundo o Instituto Camões, o português é a 5ª língua mais falada no mundo. São mais de 260 milhões de falantes. Estima-se que serão 390 milhões em meados do século e cerca de 487 milhões em 2100, o que confirma a tendência consistente de crescimento, além de que a posição geoestratégica do português irá mudar, passando a estar na África o maior número de luso-falantes.

Como parte das comemorações da data, a OEI reuniu depoimentos em vídeo de vários nomes ligados à língua e cultura portuguesas, destacando a diversidade e importância global do idioma. Participaram da iniciativa professores, poetas e escritores brasileiros, cabo-verdianos, moçambicanos e portugueses.

O português é língua oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe, Timor Leste, Macau e também de muitas organizações internacionais entre as quais a OEI.

foto: divulgação/Porto Social

Você pode ver os vídeos aqui