CIB Fest: um festival para celebrar tudo o que nos une

CIB Fest: um festival para celebrar tudo o que nos une

OEI. 13/09/2019
Tamanho do texto+-

A Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI) realiza de 18 a 29 de setembro em Madri, Espanha, “Vamos Celebrar Ibero-América (CIB Fest)”. O evento cultural busca retratar a identidade e hábitos culturais dos países integrantes da Organização. O festival faz parte da programação das comemorações de 70 anos da OEI. O objetivo é mostrar a variedade de riqueza cultural que existe na região em áreas como literatura, cinema, música e gastronomia.

A programação oficial do CIB Fest foi apresentada à imprensa hoje, 13, pelo secretário-geral da OEI, Mariano Jabonero. O Brasil está representado no CIB Fest com apresentação de livros, exposições e atividades culturais que contam com a parceria da Casa do Brasil, em Madri. A coletiva contou com a presença da representante de Cultura, Turismo e Esportes da prefeitura de Madri, Andrea Levy, e da diretora-geral de Cultura da OEI, Luz Amparo Medina. 

Com o CIB Fest "comemoramos tudo o que nos une, uma comunidade cultural conectada por dois idiomas, mestiços e em integração, que reúne um grande número de países e agrega riqueza", destacou Jabonero. O festival vai ocupar em diferentes espaços da capital espanhola, desde bibliotecas a restaurantes.

As atividades culturais incluem 15 oficinas literárias para crianças e jovens, seis concertos de música, 28 projeções de filmes com temática ibero-americana, oito mercados e outros espaços públicos.

Jabonero agradeceu à prefeitura de Madri pela parceria nessa iniciativa da OEI e destacou o papel de Madri como “capital ibero-americana”, na qual um em cada quatro habitantes tem suas raízes nos países latino-americanos, somando pelo menos 700 mil, segundo dados oficiais.

“Tudo isso faz de Madri uma cidade onde centenas de milhares de pessoas vivem juntas, em uma boa convivência. Somos integrantes de uma sociedade mestiça. Um fato que acreditamos que precisa torna-se visível. Uma cidade cultural em que idiomas e culturas nos unem”, afirmou.

As palavras de Mariano Jabonero foram endossadas pela a representante da prefeitura de Madri. Andrea Levy destacou que, durante as duas semanas em que o festival acontece, o momento é de celebrar a Ibero-América. “Aproveitar, compartilhar, aprender. Oportunidade de reconhecer tudo o que nos une e ter consciência de que aqui (Madri) ou do outro lado do Oceano (Atlântico) somos sempre ibero-americanos sob o céu e uma mesma língua.”

Andrea Levy reforçou também o aspecto aberto, inclusivo e vanguardista de Madri. “Uma cidade onde os visitantes sentem-se nativos, com milhares de latino-americanos que vivem e fazem a cidade crescer como capital e porta de entrada da Ibero-América na Europa”, acrescentou.


Um grande festival para celebrar sete décadas de história

A OEI comemora este ano o 70º aniversário de sua criação, ocorrida em 1949, em Madri. Hoje é a organização ibero-americana com maior presença na região, com escritórios em 18 países. “Com uma intensa atividade e colaboração com governos, bancos de desenvolvimento e cooperação Sul-Sul em toda a região, motivos que se somam à comemoração”, detalhou Jabonero na entrevista coletiva.

Atualmente, um total de 23 Estados-membros fazem parte da OEI, sendo a Secretaria-Geral na Espanha. “A Ibero-América é a maior comunidade bilíngue, unida por dois idiomas: o espanhol e português. Respectivamente, a segunda e a quarta língua mais falada no mundo”, disse. O CIB Fest é coordenado pela Diretoria de Cultura da OEI, criada na gestão de Jabonero para ampliar as prioridades da Organização na área.


Confira a programação do CIB Fest