Campanha da OEI alerta para a importância do bem-estar das crianças

Campanha da OEI alerta para a importância do bem-estar das crianças

OEI. 22/10/2020
Tamanho do texto+-

A OEI promove, até o próximo mês, a campanha Cuidar Bem da Primeira Infância (Buen Trato con la niñez, em espanhol), realizada pelo Instituto Ibero-americano da Primeira Infância (IIPI) da OEI. A iniciativa visa sensibilizar e promover reflexão dos adultos sobre a forma como se relacionam com as crianças no dia a dia. O objetivo geral da iniciativa busca promover atitudes e ações que favoreçam o desenvolvimento integral da primeira infância.

Na prática, a campanha promove o cuidado e o bem-estar das crianças nas suas interações com os adultos, abordando especificamente cinco eixos: cuidado e proteção, autoestima, educação, autonomia e identidade. Esses pontos caracterizam a primeira infância, uma vez que “nestes primeiros anos de vida são criadas bases para a saúde física e mental, para a segurança emocional e a identidade cultural e individual.”

A campanha tem um leque amplo de atenção. No que se refere aos cuidados e proteção, a campanha alerta para a necessidade de os adultos cuidarem da saúde e atenderem às necessidades nutritivas das crianças. Já a importância de se respeitar e aceitar a expressão das emoções das meninas e dos meninos, a campanha sugere de lhes dedicar tempo e de celebrar os seus esforços e conquistas são pontos importantes de ressalvar, tendo em conta o impacto que estas atitudes têm na sua autoestima.

Na educação, a iniciativa da OEI centra o seu conteúdo na promoção das aprendizagens, na capacidade de questionar e de refletir das crianças, na sua responsabilidade e na promoção da sua curiosidade. O respeito pelas decisões individuais das crianças em momentos do quotidiano e nas brincadeiras, a ajuda dada para que possam encontrar soluções para os seus problemas e a estimulação da autorregulação emocional são pontos fulcrais do eixo da autonomia.

Por último, na questão da identidade, alerta-se para o facto de esta ser uma construção, sendo fulcral fomentar o orgulho nas características da sua cultura, ensinar a respeitar as diferenças e incentivar a interação com os outros.

No Brasil a campanha teve a adesão da Associação Nacional das Universidades Particulares (Anup) com ampla divulgação do material da campanha do IIPI nas redes sociais da Associação. A OEI é parceira da Anup e, por meio de cooperação técnica, presta apoio ao projeto Desafio Universitário pela Primeira Infância. Trata-se de um concurso voltado a professores e estudantes de instituições de ensino superior (IES) particulares e públicas de todo o país que desenvolvam algum projeto com foco na primeira infância. A previsão é que os finalistas sejam anunciados em dezembro. Serão selecionados 10 projetos finalistas, dos quais três sairão vencedores e vão receber um financiamento de R$ 10 mil para colocar a iniciativa em prática. Além disso, todos os projetos finalistas serão publicados em português e espanhol, garantindo que as propostas possam ser acessíveis, especialmente aos países da Ibero-América.

O IIPI tem como objetivo contribuir para a cooperação entre os países ibero-americanos, a fim de alcançar progressos no desenvolvimento de políticas públicas e práticas sociais que garantam o bem-estar e o desenvolvimento integral das crianças de até 8 anos, além do pleno exercício dos seus direitos. O trabalho do Instituto debruça-se na partilha, na reflexão conjunta e na transferência de conhecimentos e experiências, para enfrentar os desafios da primeira infância.


Confira o hotsite da campanha