Projeto Mulheres Inspiradoras será encerrado com cerimônia no Palácio do Buriti
Projeto Mulheres Inspiradoras será encerrado com cerimônia no Palácio do Buriti

Projeto Mulheres Inspiradoras será encerrado com cerimônia no Palácio do Buriti

OEI. 06/12/2017
Tamanho do texto+-

Será realizada nesta quinta-feira (07/12), das 14h às 17h, no Salão Nobre do Palácio do Buriti, em Brasília, a cerimônia de encerramento do Programa de Ampliação da Área de Abrangência do Projeto Mulheres Inspiradoras. A iniciativa, que beneficiou alunos de 15 escolas da Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal (SEEDF), é resultado de uma parceria do Governo de Brasília com a Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI) e a Corporação Andina de Fomento (CAF). 

Foram convidados para a cerimônia o governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg; a primeira-dama,  Márcia Rollemberg; o diretor-representante da CAF no Brasil, Victor Rico; a diretora da OEI no Brasil, Adriana Weska; o secretário de Educação do DF, Júlio Gregório; a reitora da Universidade de Brasília, Márcia Abrahão; a secretária-adjunta de Políticas para as Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos, Márcia de Alencar; e uma das idealizadoras do projeto, Gina Vieira Ponte de Albuquerque.

Criado por duas professoras da rede pública de ensino do DF (Gina Vieira Ponte de Albuquerque e Vitória Régia de Oliveira Pires), o Projeto Mulheres Inspiradoras tem como objetivo desconstruir preconceitos de gênero e construir uma visão mais positiva da mulher, valorizando o legado feminino a partir da leitura de livros escritos por mulheres e/ou que contam a trajetória de mulheres inspiradoras na história e no círculo familiar. 

Sua concepção programática tem dois propósitos principais. Um deles é a inclusão de temas relacionados ao papel da mulher na sociedade como conteúdo interdisciplinar dos currículos escolares. O outro é a utilização de novas metodologias de ensino-aprendizagem, capazes de estimular o protagonismo, a participação e o interesse dos estudantes.

A primeira experiência foi realizada pelas duas autoras do projeto no Centro de Ensino Fundamental 12 de Ceilândia, com alunos do 9º ano, dentro da disciplina Projeto Interdisciplinar. Por meio do acordo de cooperação firmado entre a Secretaria de Educação do DF, a OEI e a CAF, desenvolveu-se a primeira etapa do Programa de Ampliação da Área de Abrangência do Projeto Mulheres Inspiradoras, que contemplou seis coordenações regionais de ensino, 15 escolas da rede pública do DF, duas escolas voluntárias, 48 professores em formação e mais de 3 mil estudantes. Uma parceria com a Universidade de Brasília também foi estabelecida para o acompanhamento e avaliação das atividades.